Páginas

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Valorizando a Vida


Se hoje você pudesse fazer um único pedido, o que você faria? Se um gênio da lâmpada lhe aparecesse como por milagre, o que você pediria?
Muitos, nessa fantasia, imaginam pedir largas somas em dinheiro. Outros, a passar temporadas infindas de férias em algum lugar paradisíaco. Outros mais desejariam largos períodos de tempo para satisfazer sensações e paixões.
Porém, se perguntássemos para um tetraplégico qual seria seu maior desejo ou para um cego, o que responderiam? Para o portador de uma doença incurável, qual seria seu pedido?
A resposta parece clara, em qualquer desses casos. Eles desejariam milagres de que nós, que não estamos nessas situações, somos portadores.
Por vezes desejamos coisas sem sentido ou infantilidades, esquecendo que somos presenteados com milagres da vida todos os dias.
Desejamos ter olhos mais expressivos, ou de outra cor, outro formato... E alguns apenas desejariam enxergar.
Desejamos ter um corpo mais magro, mais atlético, um corpo de formas mais harmoniosas. E alguns... apenas um corpo com saúde.
Tantos reclamam desejando serem mais altos, terem pernas mais proporcionais. Outros reclamam dos pés que julgam feios. E alguns... apenas desejariam andar.
São tantos a reclamar da voz estridente de alguém, do barulho da rua, do choro da criança que mora ao lado. E alguns... apenas desejariam escutar.
Diariamente o milagre da vida e suas riquezas oferecem-nos presentes, pois nos dão a oportunidade de presenciar e vivenciar a grandiosidade das coisas de Deus.
São inúmeros os milagres que nos sucedem e que poucas vezes nos damos conta. Afinal, qual foi a última vez que lembramos de agradecer a Deus pela saúde?
Quando nos lembramos de agradecer ao Pai pela família, pelos amigos, por termos a quem amar e por sermos amados?


Qual foi a última vez que agradecemos pelo corpo que dispomos, pelas condições em que vivemos, pelas oportunidades que a vida nos oferece?
Sempre que formos imaginar a necessidade de um grande gênio da lâmpada a surgir na nossa frente a fim de fazer algum milagre que desejamos, é necessário lembrar que estamos cercados de milagres da vida.
Um dia, nosso corpo se iniciou com apenas uma célula, e hoje são trilhões delas a nos oferecer a imensa oportunidade da experiência terrena, do aprendizado, do ressarcimento de nossas economias morais perante a Lei de Deus.
Isso já é suficiente para termos o coração pleno de gratidão.
E, se por acaso, um dia, um gênio da lâmpada nos perguntar qual o nosso pedido, que possamos ter a alegria de responder que nada temos a pedir, somente a agradecer, frente a tudo que a vida nos ofereceu até o dia de hoje.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Poema do Encontro (Moreno) Psicodrama

Mais importante que a ciência , é o que ela produz
Uma resposta provoca uma centena de perguntas

Mais importante do que a poesia ,é o que ela produz
Um poema invoca uma centena de atos heróicos

Mais importante do que o reconhecimento , é o que ele produz dor e culpa

Mais importante do que a procriação é a criança
Mais importante do que a evolução da criança
é a evolução do criador

Em lugar dos passos imperiais , o imperador
Em lugar dos passos criativos , o criador
Um encontro de dois :olhos nos olhos , face a face
e quando voce estiver perto arrancarei seus olhos
e os colocarei no lugar dos meus ;
arrancarei meus olhos
e os colocarei no lugar dos seus ;
então verei voce com seus olhos
e voce me verá com meus olhos.

Então até a coisa mais comum servirá ao silencio e
nosso encontro permanecerá meta sem cadeias
Um lugar indeterminado , num tempo indeterminado
Uma palavra indeterminada para um homem indeterminado.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

EFÊMERO.

Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é efêmera, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes.
Muitas flores são colhidas cedo demais. Algumas, mesmo ainda em botão. Há sementes que nunca brotam e há aquelas flores que vivem a vida inteira até que, pétala por pétala, tranqüilas, vividas, se entregam ao vento.
Mas a gente não sabe adivinhar. A gente não sabe por quanto tempo estará enfeitando esse Éden e tampouco aquelas flores que foram plantadas ao nosso redor. E descuidamos. Cuidamos pouco. De nós, dos outros.
Nos entristecemos por coisas pequenas e perdemos minutos e horas preciosos. Perdemos dias, às vezes anos.
Nos calamos quando deveríamos falar; falamos demais quando deveríamos ficar em silêncio. Não damos o abraço que tanto nossa alma pede porque algo em nós impede essa aproximação. Não damos um beijo carinhoso "porque não estamos acostumados com isso" e não dizemos que gostamos porque achamos que o outro sabe automaticamente o que sentimos.
E passa a noite e chega o dia, o sol nasce e adormece e continuamos os mesmos, fechados em nós. Reclamamos do que não temos, ou achamos que não temos suficiente. Cobramos. Dos outros. Da vida. De nós mesmos. Nos consumimos.
Costumamos comparar nossas vidas com as daqueles que possuem mais que a gente. E se experimentássemos comparar com aqueles que possuem menos? Isso faria uma grande diferença!
E o tempo passa...
Passamos pela vida, não vivemos. Sobrevivemos, porque não sabemos fazer outra coisa.
Até que, inesperadamente, acordamos e olhamos pra trás. E então nos perguntamos: e agora?!
Agora, hoje, ainda é tempo de reconstruir alguma coisa, de dar o abraço amigo, de dizer uma palavra carinhosa, de agradecer pelo que temos.  
Nunca se é velho demais ou jovem demais para amar, dizer uma palavra gentil ou fazer um gesto carinhoso. 
Não olhe para trás. O que passou, passou. O que perdemos, perdemos. 
Olhe para frente!
Ainda é tempo de apreciar as flores que estão inteiras ao nosso redor. Ainda é tempo de voltar-se para Deus e agradecer pela vida, que mesmo efêmera, ainda está em nós. 
Pense!... Se você está lendo esta mensagem é porque ainda tem tempo!!!
Não o perca mais!...
Que Deus te abençoe!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

O vidro de maionese e o café

Quando as coisas na sua vida parecem ser quase demais para suportar, 
quando 24 horas em um dia não são suficientes, 
lembre-se do frasco de maionese e 2 xícaras de café. 
 


Um professor estava diante de sua classe de
 filosofia e tinha alguns itens na sua frente. 
 Quando a aula começou, sem palavras, 
 ele pegou um frasco grande e vazio de maionese e começou a enchê-lo com bolas de golfe. 
 
 Ele então perguntou aos alunos se o vidro estava cheio. 
 Eles concordaram que estava. 
 
 O professor então pegou uma caixa de pedras e derramou -as na jarra. Ele agitou-o levemente. 
 Os pedregulhos rolaram para os espaços vazios entre as bolas de golfe. 
 
 Ele então perguntou novamente se o vidro estava cheio. Eles concordaram que estava. 
 
 O professor pegou uma caixa com areia e despejou dentro do vidro. 
 Claro, a areia preencheu todo o resto. 
 Ele perguntou novamente se o vidro estava cheio. Os alunos responderam com um unânime ‘sim’. 
 
 O professor alcançou então duas xícaras de café por baixo da mesa e derramou todo o conteúdo do frasco preenchendo os espaços vazios entre a areia. Os estudantes riram. 
 
 ‘Agora’, disse o professor, como os risos, 
 “Eu quero que vocês reconheçam que este frasco representa a sua vida. 
 As bolas de golfe são as coisas importantes – família, filhos 
, saúde, amigos e paixões favoritas – Coisas que se tudo estivesse perdido, elas continuariam ali, sua vida ainda estaria cheia. 
 
 Os pedregulhos são as outras coisas que importam: o trabalho, casa e carro. 
 
 A areia é todo o resto – as pequenas coisas. 
 
 “Se você colocar a areia primeiro no vidro “, continuou ele, não 
” há espaço para os pedregulhos e as bolas de golfe. 
 O mesmo vale para a vida. 
 
 Se você gastar todo seu tempo e energia nas coisas pequenas, 
 Você nunca vai ter espaço para as coisas que são importantes para você. 
 
 Então … 
 Preste atenção 
 para as coisas que são essenciais para sua felicidade. 
 Brinque com seus filhos. 
 Tome tempo para exames médicos. 
 Leve seu parceiro para jantar fora. 
 
 Há sempre tempo para limpar a casa e arrumar tudo. 
 
 ‘Cuide das bolas de golf em primeiro lugar – 
 As coisas que realmente importam. 
 Defina suas prioridades. O resto é apenas areia. “
 
 Um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representava o café. 
 
 O professor sorriu. 
” Estou feliz que você tenha perguntado”. 
 
 Ele só vai lhe mostrar que não importa quão cheia sua vida possa parecer, há sempre espaço para uma xícara de café com um amigo.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

A ostra e a pérola

"Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas."

Pérolas são produtos da dor; resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou grão de areia.

Na parte interna da concha é encontrada uma substância lustrosa chamada nácar. Quando um grão de areia a penetra, ás células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra.

Como resultado, uma linda pérola vai se formando.

Uma ostra que não foi ferida, de modo algum produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

O mesmo pode acontecer conosco. Se você já sentiu ferido pelas palavras rudes de alguém? Já foi acusado de ter dito coisas que não disse? Suas idéias já foram rejeitadas ou mal interpretadas? Você já sofreu o duro golpe do preconceito? Já recebeu o troco da indiferença?

Então, produza uma pérola !

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

VOCÊ É CAPAZ!!!!

Diz certa lenda, que estavam duas crianças patinando num lago congelado.
Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam despreocupadas.
De repente, o gelo se quebrou e uma delas caiu, ficando presa na fenda que se formou.
A outra, vendo seu amiguinho preso e se congelando, tirou um dos patins e começou a golpear o gelo com todas as suas forças, conseguindo por fim quebrá-lo e libertar o amigo.
Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso?
É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis!
Nesse instante, um ancião que passava pelo local, comentou:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos perguntaram:
- Pode nos dizer como ?!….
- É simples – respondeu o velho – Não havia ninguém ao seu redor, para lhe dizer que não seria capaz.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

14 dicas para se tornar um profissional fora de série

Para conseguir guiar seu destino com sucesso o profissional deve seguir as dicas abaixo...
1. Criar seu próprio destino;
2. Ser singular;
3. Não desistir de suas idéias;
4. Não deixar para amanhã o que pode ser feito hoje;
5. Não sacrificar a vida pessoal pela profissional;
6. Fazer avaliações periódicas de si mesmo no âmbito pessoal, familiar e profissional;
7. Ser intolerante diante da complacência e de um trabalho inferior;
8. Buscar e formar alianças estratégicas;
9. Prestar atenção nos detalhes, mas manter-se atento ao todo;
10. Demandar exelência em tudo o que empreender;
11. Focar nos pontos fortes das pessoas e não em suas vulnerabilidades;
12. Ouvir mais do que falar;
13. Trabalhar duro e disciplinadamente
14. colocar-se como cliente e atender a todos como gostaria de ser atendido.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

CONCORRENTES

Benditos sejam meus Concorrentes,
que me fazem levantar cedo e me render mais o dia;
que me obrigam a ser mais atencioso, competente e correto;
que me fazem avivar a inteligência para melhorar meus produtos e meus serviços;
que me impõem a atividade, pois se não existissem, eu seria lânguido, incompetente e retrógrado;


Que não dizem minhas virtudes e gritam bem alto meus defeitos e assim posso corrigir-me;
que quiseram arrebatar-me o negócio, forçando-me a desdobrar-me para conservar o que tenho;
que me fazem ver em cada cliente um homem a quem devo servir e não explorar, o que faz de cada um meu amigo;
que me fazem tratar humanamente meus vendedores, para que se sintam parte de minha empresa e assim vendam com mais entusiasmo;
que provocaram em mim o desejo de superar-me e melhorar meus produtos;
que por sua concorrência me converteram em um fator de progresso e prosperidade para meu país.


Salve, Concorrentes! Eu vos saúdo… Que o Senhor lhes dê vida longa.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

CONFRONTANDO SEUS MEDOS

Tudo aquilo que tentamos evitar, negar ou fugir apenas servem para nos derrotar. E tudo, nao importa quanto detestamos ou quanto desconforto venha nos causar, sao estas coisas que podem se transformar numa fonte de crescimento e maturidade quando abertamente confrontadas. Problemas não irao desaparecer simplesmente porque foram ignorados. Fracassar em confrontar algo que deve ser confrontado serve apenas para alimentar ainda mais o poder e influencia daquilo que é negativo.


E uma vez que você é forçado a lidar com aquilo que tem adiado por tanto tempo, voce ira perceber que o problema se avolumou consideravelmente. Porém, quando você confronta os seus problemas, voce cresce como pessoa e passa a ganhar um maior controle sobre a sua propria vida. Todos nos sabemos que devemos confrontar os problemas e angustias que essa vida nos traz, porém, o medo nos paralisa.


O problema e que o medo pode nos levar para um outro nivel quando deliberadamente insistimos em negar os problemas que sao evidentes. Ao fazer isso nos passamos a sentir medo do próprio medo e como resultado passamos a negar a nos mesmos a existência do problema. A única maneira de sair desse ciclo de derrota e continuar sentindo medo, porem a despeito do medo, seguirmos em frente.
Na realidade coragem nao e a ausencia de medo; coragem simplesmente é seguir em frente a pesar do medo. Confronte os seus medos. Não existe absolutamente nada a ganhar ao viver uma vida sob o expecto do medo. Isso é desconfortável? Sim. É difícil? Sim. Porém, a sua vida, os seus alvos, seus sonhos merecem a sua dor e o seu esforco.


Pare de se esconder atras do seu medo.


Ouse enfrentar novos desafios, descubra seu potencial. Compreenda que é normal sentir medo em situações novas. E, ao enfrentá-las,você se fortalece, tem mais auto confiança. Isso é fazer amizade com você mesmo. É descobrer sua coragem que vem do Ser interior. Transforme-se para melhor e seja seu próprio e melhor amigo!!! Fique em paz e tenha uma vida radiante!!!

"Nunca reclame daquilo que voce se permite." Pr. Mike Murdock

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

... de Neruda

"





Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,


Sê um arbusto no vale mas sê


O melhor arbusto à margem do regato.


Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.


Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva


E dá alegria a algum caminho.






Se não puderes ser uma estrada,


Sê apenas uma senda,


Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.


Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...


Mas sê o melhor no que quer que sejas.

_______________________________




É Proibido







É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.
É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,


Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,


Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,


Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,


Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,


Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,


Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,
Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

de Veríssimo

Dez Coisas que Levei Anos Para Aprender


1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa.

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.

5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".

8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.

10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.

__________________


Era uma vez uma linda moça que perguntou a um lindo rapaz: Você quer casar comigo?


Ele respondeu: NÃO!

E a moça viveu feliz para sempre, foi viajar, fez compras, conheceu muitos outros rapazes, visitou muitos lugares, foi morar na praia, comprou outro carro, mobiliou sua casa, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava nada, bebia cerveja com as amigas sempre que estava com vontade e ninguém mandava nela. O rapaz ficou barrigudo, careca . . . ficou sozinho e pobre, pois não se constrói nada sem uma MULHER...
______________________




Era uma vez... numa terra muito distante...uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima.

Ela se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante e ecológico...

Então, a rã pulou para o seu colo e disse: linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito.

Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa.

Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo.

A tua mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre...

Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma:

- Eu, hein?... nem morta!
___________________





EXIGÊNCIAS DA VIDA MODERNA




Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro.


E uma banana pelo potássio.


E também uma laranja pela vitamina C. Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes.


Todos os dias deve-se tomar ao menos dois litros de água. E uriná-los, o que consome o dobro do tempo.


Todos os dias deve-se tomar um Yakult pelos lactobacilos (que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões, ajudam a digestão). Cada dia uma Aspirina, previne infarto. Uma taça de vinho tinto também. Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso. Um copo de cerveja, para... não lembro bem para o que, mas faz bem. O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo e tiver um derrame, nem vai perceber.


Todos os dias deve-se comer fibra. Muita, muitíssima fibra. Fibra suficiente para fazer um pulôver.


Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves diariamente. E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes cada garfada. Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia...


E não esqueça de escovar os dentes depois de comer. Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã, da banana, da laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes, passar fio dental, massagear a gengiva, escovar a língua e bochechar com Plax. Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar para colocar um equipamento de som, porque entre a água, a fibra e os dentes, você vai passar ali várias horas por dia.


Há que se dormir oito horas por noite e trabalhar outras oito por dia, mais as cinco comendo são vinte e uma.


Sobram três, desde que você não pegue trânsito. As estatísticas comprovam que assistimos três horas de TV por dia. Menos você, porque todos os dias você vai caminhar ao menos meia hora (por experiência própria, após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar, ou a meia hora vira uma).


E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta: devem ser regadas diariamente, o que me faz pensar em quem vai cuidar delas quando eu estiver viajando.


Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três jornais por dia para comparar as informações.


Ah! E o sexo! Todos os dias, tomando o cuidado de não se cair na rotina. Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução. Isso leva tempo - e nem estou falando de sexo tântrico.


Também precisa sobrar tempo para varrer, passar, lavar roupa, pratos e espero que você não tenha um bichinho de estimação. Na minha conta são 29 horas por dia.


A única solução que me ocorre é fazer várias dessas coisas ao mesmo tempo! Por exemplo, tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e escova os dentes. Chame os amigos junto com os seus pais. Beba o vinho, coma a maçã e a banana junto com a sua mulher... na sua cama.


Ainda bem que somos crescidinhos, senão ainda teria um Danoninho e se sobrarem 5 minutos, uma colherada de leite de magnésio.


Agora tenho que ir.


É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã, tenho que ir ao banheiro.


E já que vou, levo um jornal... Tchau!


Viva a vida com bom humor!!!
__________________________



A PESSOA ERRADA



Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivencia


e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.


Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.


Porque a pessoa certa faz tudo certinho!


Chega na hora certa, fala as coisas certas,


faz as coisas certas, mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.


Aí é a hora de procurar a pessoa errada.


A pessoa errada te faz perder a cabeça, perder a hora, morrer de amor...


A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar


que é pra na hora que vocês se encontrarem


a entrega ser muito mais verdadeira.


A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.


Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.


Essa pessoa vai tirar seu sono.


Essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos pedindo seu perdão.


Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você.


Vai estar o tempo todo pensando em você.


A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo,


porque a vida não é certa.


Nada aqui é certo!


O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,


querendo,conseguindo...


E só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"


Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra


gente...

Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida...

Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estava escrito:
"Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na Empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes".
No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa. A agitação na quadra de esportes era tão grande, que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava:
- Quem será que estava atrapalhando o meu progresso ?
- Ainda bem que esse infeliz morreu !
Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor do caixão a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça abaixada, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.
A pergunta ecoava na mente de todos: "Quem está nesse caixão"?
No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo... Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: VOCÊ MESMO! Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida. Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida. Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo. "SUA VIDA NÃO MUDA QUANDO SEU CHEFE MUDA, QUANDO SUA EMPRESA MUDA, QUANDO SEUS PAIS MUDAM, QUANDO SEU(SUA) NAMORADO(A) MUDA. SUA VIDA MUDA... QUANDO VOCÊ MUDA! VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL POR ELA."






O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando "você muda".

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Cirquinho da Política

A melhor opção, então, é refletir sobre o destino de seu voto, que apesar de ser “democrático” é obrigatório e não pode ser jogado fora. É seu voto que pode mudar o rumo das eleições e, quem sabe, a política neste país, mude. Conheça a vida de seu candidato. tenha vontade de ser representado por ele. Não se influencie pela voz dos outros, você tem a sua. Vote consciente!

terça-feira, 27 de julho de 2010

A relação Nick – identidade / A escolha do nome

A escolha do nome próprio não é uma escolha pessoal. Nosso nome nos é dado pelos nossos pais, em função de diversos motivos por eles atribuídos. Sonoridade, significado, beleza, a criança ter ‘cara’ do nome, também nos deparamos com expectativas e desejos inconscientes dos pais com relação aos filhos. (Berenguer, 1997)

O nosso nome fala da nossa identidade.

Para o autor Ciampa (1988), que trabalha com a questão de identidade, na Psicologia Social

...um nome nos identifica e nós com ele nos identificamos. Por isso dizemos ‘eu me amo’ (...) nós nos chamamos mas só depois de certa idade, pois inicialmente somos chamados por um nome que nos foi dado. Não escolhemos o nome que temos, e nem nosso sobrenome, que nos é dado pela família, o Nick, portanto, configura a possibilidade de próprio sujeito “nomear-se”. É o sujeito que vai inventar um nome, ou ‘acatar’ um apelido já existente, para si mesmo. É a possibilidade de escolha sobre como quer apresentar-se.



Algumas tribos de índios norte americanos não nomeiam a criança logo ao nascer. Eles esperam ate que a criança esteja um pouco mais crescida, escolhem seu nome e depois de observá-la por algum tempo, em função de uma característica sua. Isto é claro no filme ‘dança com lobos’, no qual o personagem principal recebe este nome dos índios porque brinca com um lobo.

Este costume indígena inspirou uma técnica utilizada em orientação vocacional, descrito em Lucciari (1992): pede-se aos adolescentes que escolham seu ‘nome de índio’, baseado em suas características pessoais.

O Nick pode ser considerado como um ‘nome de índio’ que a pessoa escolhe para si mesma. É por meio dele que se expressam suas características individuais e seu modo de ser.

Morgan (apud Bechar, 1995) acredita ter encontrado evidencias de que há uma crença generalizada de que o nome de um indivíduo apresenta sua essência, seja física ou mental.

Escolher um nome traz certas implicações. Para Berenguer (1997), o nome tem muitos atributos. Um deles é que, para algumas civilizações primitivas, o nome de uma pessoa tinha poderes especiais.

Para Estes (1999), saber o verdadeiro nome de uma pessoa representa conhecer a trajetória da vida e os atributos da alma daquela pessoa; e o motivo pelo qual o nome verdadeiro é muitas vezes mantido em segredo, está na projeção de seu dono, para que ele ou ela possa crescer e cumprir o potencial do nome, e na própria proteção do nome, de modo que ninguém o avilte ou prejudique. Será por isso a proibição do uso do verdadeiro nome no chat?



Jung (1973) diz que:

O ato de dar um nome, como o batismo é imensamente importante para a formação da personalidade, pois desde tempos remotos atribui-se um poder mágico ao nome. Saber o nome secreto de alguém significa ter poder sobre ele. (...) num mito egípcio, Ísis tira o poder do deus solar Rá ao obrigá-lo a revelar seu verdadeiro nome. Dar nome, significa portanto, dar poder, conferir uma determinada personalidade ou alma.



( nota de rodapé: o ato de dar nome transmite certas qualidades, senão a própria alma: daí o antigo hábito de dar nome de santos para crianças)



Talvez ao escolher um Nick, o sujeito esteja se rebatizando. Escolher um Nick, como escolher um nome confere uma personalidade ou uma alma à pessoa. Será que, ao escolher um Nick, o sujeito confere a si mesmo uma nova alma, propiciando assim a expressão de um personagem virtual?



Hillman(1977) cooca a questão do nome e do apelido de uma outra forma. Para ele, casa ser humano carrega em si um ‘gênio’ interno, pessoal, que ele Daimon. É uma vocação, algo que nos chama para vida. Nesse sentido, ele postula que cada pessoa tem um nome, dado pelos pais. Mas o apelido, é na verdade o nome do Daimon, anjo interno.

Para ele:

O apelido contem uma verdade interna que pode ficar para a vida e ser percebida antes que o gênio apareça em grande estilo. Os apelidos não são meros símbolos de afeição para humanizar deficiências. Esta interpretação impressionista (do próprio autor) gosta de entender o apelido como uma maneira de trazer a estrela para a dimensão humana, para que possamos nos relacionar com o gênio sem deixar assombrar demais por ele.

Para Hillman, o apelido de uma pessoa diz muito mais dela do que se próprio nome. O Nick expressa, portanto, muito mais do que ela pode imaginar. Ele diz uma verdade interna.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Os Nicknames e os Personagens Virtuais

<Isolda>Nossa! O que é teu nick:

<Andrômeda[de_Perseu]> De mitologia... sempre estou como deusa ou musa... acompanhada pelo par... ai vou mudando comforme a vontade.

<Isolda> legal! E pq vc escolheu esse nick?

<Olivia [de_Popaye]> normalmente ponho casais famosos... nem sempre tão ocultos assim....:))

<Penélope [de_Ulisses]> um dia estava como Beatriz [de_Dantes]... entrou um cara e disse... “gostaria de mostrar o céu e o inferno pra vc”

“<Hera [de_Zeus]> no mínimo leu Dante Alighieri ou ouviu falar..”



Nas salas de chat, a principal diversão é a interação co outros usuários. Os freqüentadores de chats falam, isto é, teclam muito, falando dos mais variados assuntos. Mas para que o papo se inicie, são necessárias apresentações.

Normalmente, as primeiras perguntas são:

- de onde tc? (Qual a localidade?)

-qts anos? (idade)

-h ou m? (homem ou mulher quando se tratar de um nick indefinido)



Perguntar sobre a origem do nickname (apelido) também faz parte das apresentações, uma vez que esta é a “cara” da pessoa no chat. As descrições físicas (peso, altura, cor dos olhos e cor do cabelo) também são freqüentemente pedidas pelos internautas. Nessas apresentações é comum o envio de fotos.

A partir das apresentações é que os sujeitos podem optar por revelar-se como habitualmente são, ou revelarem-se muito diferentes. Aqui entra a questão do objetivo que a pessoa tem ao entrar numa sala de chat.

Se o usuário tiver como objetivo conquistar amizades que serão transpostas para o mundo presencial, é muito provável que seja sincero quando fala de si mesmo. Isto porque todas as informações que disser serão comprovadas num possível encontro presencial ou mesmo nos encontros virtuais.

Se o objetivo no entanto, for permanecer no contato virtual, aumenta a probabilidade do usuário inventar descrições e comportamentos que não são habitualmente expressados por ele, em sua vida presencial.

No chat existem toas as possibilidades, existem pessoas que só falam a ‘verdade’, outros que podem inventar pequenas mentiras para tornar sua própria história mais interessante, outros que ainda inventam personagens, mas depois os desmentem, e há aqueles que só usam personagens virtuais absolutamente ‘inventados’.

O nick é o apelido pelo qual o usuário será chamado num chat. Ele é tão importante numa comunidade virtual que pode ser considerado a identidade do internauta no chat. No mundo real temos caras, corpos, cheiros, jeitos de se falar e portar, vozes. No IRC (Internet Relay Chat), tudo isso se reduz ao Nick, ele vai dar os primeiros dados sobre uma pessoa, sobre como ela se apresenta naquela sala.

Lopes (1999) afirma que o nick é a apresentação, a fachada de quem tecla, e serve como um marketing (negativo, positivo ou neutro) do indivíduo. A primeira impressão que as pessoas tem quando entram numa sala é seu próprio Nick, alias, essa umas das poucas referências de um relacionamento virtual.

É o Nick que vai expressar quem é essa pessoa, uma vez que não temos outros modos de conhecê-la. Quando uma pessoa chama a outra no canal, muitas vezes é porque se interessou pelo seu Nick. Por isso ele é tão importante dentro da sala de chat. E seu estudo é indispensável para a compreensão do IRC, a sala de bate papo pesquisada. Pois no chat, através do seu Nick, o usuário é livre para apresentar a imagem que deseja criar de si mesma, seja ela verdadeira ou fantasiosa.

Nicollaci da Costa (1998), pensando sobre a questão diz:

As pessoas se aproximam umas das outras por conta do que seus nicknames sugerem ou por conta do que conseguem expressar de si mesmas por escrito (mesmo quando criam mum personagem imaginário). O Nick expressa, portanto, a identidade do internauta no chat. Seja qual for o grau de relação que ele tenha com a personalidade expressa habitualmente, ainda sim, ele é a identificação do internauta

Nicknames... Uma reflexão


O nick e a identidade, mas que identidade?
a maior parte das informações prestadas é mentira!!!!!!!
O indivíduo está carente,
Ele precisa de Atenção.
Sua realidade não é atraente,
Ele precisa fantasiar!
Loucura?
Não, apenas distorção da realidade,
Por mais insano que pareça,
As inveções sempre derivam daquilo que um dia quisemos ser.
Enquanto não for prejudicial,
O nick pode servir de terapeuta aos aflitos.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Os Poderes da Mente: Somos o que Pensamos e Acreditamos Ser


Um cientista de Phoenix – Arizona queria provar essa teoria. Precisava de um voluntário que chegasse às últimas conseqüências. Conseguiu um em uma penitenciaria. Era um condenado à morte que seria executado na penitenciária de St. Louis no estado de Missouri onde existe pena de morte executada em cadeira elétrica. Propôs a ele o seguinte: ele participaria de uma experiência científica, na qual seria feito um pequeno corte em seu pulso, o suficiente para gotejar o seu sangue até a ultima gota final. Ele teria uma chance de sobreviver, caso o sangue coagulasse. Se isso acontecesse, ele seria libertado, caso contrário, ele iria falecer pela perda do sangue, porém, teria uma morte sem sofrimento e sem dor.

O condenado aceitou, pois era preferível a morrer na cadeira elétrica e ainda teria uma chance de sobreviver. O condenado foi colocado em uma cama alta, dessas de hospitais e amarram o seu corpo para que não se movesse. Fizeram um pequeno corte em seu pulso. Abaixo do pulso, foi colocada uma pequena vasilha de alumínio. Foi dito a ele que ouviria o gotejar de seu sangue na vasilha. O corte foi superficial e não atingiu nenhuma artéria ou veia, mas foi o suficiente para ele sentisse que seu pulso fora cortado.

Sem que ele soubesse, debaixo da cama tinha um frasco de soro com uma pequena válvula. Ao cortarem o pulso, abriram a válvula do frasco para que ele acreditasse que era o sangue dele que está caindo na vasilha de alumínio. Na verdade, era o soro do frasco que gotejava.


De 10 em 10 minutos, o cientista, sem que o condenado visse, fechava um pouco a válvula do frasco e o gotejamento diminuía. O condenado acreditava que era seu sangue que está diminuindo. Com o passar do tempo, foi perdendo a cor e ficando cada vez mais pálido. Quando o cientista fechou por completo a válvula, o condenado teve uma parada cardíaca e faleceu, sem ter perdido sequer uma gota de sangue.

O cientista conseguiu provar que a mente humana cumpre, ao pé-da-letra, tudo que lhe enviado e aceito pelo seu hospedeiro, seja positivo ou negativo e que sua ação envolve todo o organismo, quer seja na parte orgânica ou psíquica. Essa história é um alerta para filtramos o que enviamos para nossa mente, pois ela não distingue o real da fantasia, o certo do errado, simplesmente grava e cumpre o que lhe é enviado.

“Quem pensa em fracassar, já fracassou mesmo antes de tentar”.

Você usa apenas 10% do seu cérebro?

pegadinha para o cerebro


      Eu já sabia que a frase era conhecida, mas resolvi perguntar. Em uma pesquisa chamada "Você Conhece Seu Cérebro?", consultei pouco mais de 2.000 leigos sobre vários assuntos.

Eles concordavam que "utilizamos normalmente apenas 10% do cérebro"? A metade assentiu. Repeti a pergunta a algumas dezenas de neurocientistas, e eles prontamente discordaram. O veredicto? Essa história de usar 10% do cérebro é um mito.

     Um mito de grande apelo é verdade. Quem só usasse 10% do cérebro teria 90% de reserva e, se aprendesse a usá-los, poderia ficar dez vezes mais inteligente, lembrar dez vezes mais informações, fazer contas dez vezes mais rápido, falar dez vezes mais línguas. Você pode, de fato, ficar mais esperto, lembrar mais coisas, ser mais rápido e falar mais línguas, mas não terá sido por passar a usar mais de 10% do cérebro.

      Até onde se sabe, não há regiões silenciosas ou de reserva no cérebro, e, certamente, o cérebro não é 90% reserva. Cada pedaço tem sua função específica e, ainda que ela seja desconhecida aqui e ali, imagens do cérebro em funcionamento mostram que ele inteiro trabalha e consome energia o tempo todo, inclusive enquanto você dorme. Certo, ora umas regiões trabalham mais, ora menos. Mas todas estão ativas, a postos e têm seu papel. Por isso, você não precisa perder 90% do cérebro para sofrer conseqüências graves. Perca o equivalente a um dedal no lugar certo e, por exemplo, você pode ser privado da fala ou da visão. Também é engano acreditar que você só use 10% da sua capacidade cerebral. Basta lembrar que, para calcular o uso dos tais 10%, seria preciso conhecer o limite, os 100% dessa capacidade. Quem seria essa referência que usa 100% da sua capacidade cerebral? Contra as aparências, não seria um gênio, mas um infeliz que não poderia aprender mais nada.
      Na verdade, leitor, você já usa 100% do seu cérebro. Usa tanto o hemisfério direito quanto o esquerdo, usa todas as estruturas, tem todos os neurônios capazes e funcionais. E, ainda assim, pode se esforçar e aprender coisas novas todos os dias, falar novas línguas, tornar-se pintor, esgrimista ou costureiro. A razão? O que faz a diferença não é quanto do cérebro você usa, e sim como você o usa: o que exige do seu cérebro, como o trata, que informações lhe oferece, como as explora e as combina. Não se preocupe, portanto, em usar mais do seu cérebro, pois você já utiliza 100% dele. Preocupe-se em usá-lo melhor!
Neurociência, (Folha de SP, 8/6)

terça-feira, 6 de julho de 2010

Prazer quase Indecente

Ser feliz não é pecado

Felicidade é ter noção da precariedade da vida, é estar consciente de que nada é fácil, é não se exigir de forma desumana e, apesar (ou por causa) disso tudo, conseguir ter um prazer quase indecente em estar vivo

A felicidade é desprezada por muita gente. A pessoa feliz sofre o preconceito de parecer uma pessoa vazia, sem conteúdo. No entanto, algo ela tem, senão não incomodaria tanto. Será que é porque ela nos confronta com nossa própria miséria existencial? É irritante ver alguém naturalmente linda, rica, simpática, inteligente, culta, talentosa, apaixonada e, ainda por cima, magra! Essa ninfa nunca ouviu falar em insônia, depressão, dívidas, mousse de chocolate?

Os felizes ainda estão associados ao padrão "comercial de margarina", portanto, costumam ser idealizados - e desacreditados. É como se fossem marcianos, só que não são verdes. Por isso, damos mais crédito aos angustiados, aos irônicos, aos pessimistas. Por não aparentarem possuir vínculo com essa tal felicidade, dão a entender que têm uma vida muito mais profunda. Você é feliz? Não espalhe, já que tanta gente se sente agredida com isso. Mas também não se culpe, porque felicidade é coisa bem diferente do que ser linda, rica, simpática e aquela coisa toda. Felicidade, se eu não estiver muito enganada, é ter noção da precariedade da vida, é estar consciente de que nada é fácil, é tirar algum proveito do sofrimento, é não se exigir de forma desumana e, apesar (ou por causa) disso tudo, conseguir ter um prazer quase indecente em estar vivo.

O psicanalista Contardo Calligaris certa vez disse uma frase que sublinhei: "Ser feliz não é tão importante, mais vale ter uma vida interessante". Creio que ele estava rejeitando justamente esta busca pelo kit felicidade, composto de meia dúzia de realizações convencionais. Ter uma vida interessante é outra coisa: é cair e levantar, se movimentar, relacionar-se com as pessoas, não ter medo de mudanças, encarar o erro como um caminho para encontrar novas soluções, ter a cara-de-pau de se testar em outros papéis - e humildade para abandoná-los se não der certo. Uma vida interessante é outro tipo de vida feliz: a que passou ao largo dos contos-de-fada. É o que faz você ter uma biografia com mais de 10 páginas.

Se você acredita que ser feliz compromete seu currículo de intelectual engajado, troque por outro termo, mas não cuspa neste prato. Embriague-se de satisfação íntima e justifique-se dizendo que é um louco, apenas isso. Como você sabe, os loucos sempre encontram as portas do céu abertas.

Rita Lee, que já passou por poucas e boas, mas nunca se queixou de não ter uma vida interessante, anos atrás musicou com Arnaldo Batista estes versos: "Se eles são bonitos, sou Alain Delon/ se eles são famosos/ sou Napoleão/se eles têm três carros/ eu posso voar". Também faço da Balada do Louco meu hino, que assim encerra: "Mais louco é quem me diz que não é feliz".

Eu sou feliz.

Dependência é morte

“Não há nada que nos dê mais segurança emocional do que não “precisar” dos outros, e sim contar com os outros para aquilo em que eles são insubstituíveis: companhia, sexo, risadas, amizade, conforto.

Se ainda não atingiu esse estágio, suba num cavalo imaginário e dê seu grito do Ipiranga. Ficar amarrado à vida alheia faz você viver menos a sua. Nada de se fazer de desentendida só para não se incomodar.

Incomode-se. Dependência é morte”

Por que as pessoas usam um anel no dedo mínimo?

Existe um significado espiritual na escolha dos dedos onde colocamos os anéis; os orientais acreditam que eles estão vinculados a um centro de energia, conhecidos como chacras.


Dedo mínimo:
Está ligado ao chacra sexual; se você gosta de usar anéis neste dedo está demonstrando que sua sexualidade tem um papel muito importante na sua vida; é bastante sensual, atraente e sedutor. Ao utilizar um anel (mão esquerda ou direita) você ficará protegido de pensamentos inferiores como a inveja. Se desejar, use anéis com pedras negras como a turmalina ou hematita.


Dedo anular:
Quem gosta de usar anéis no anular é bondoso e está sempre preocupado com os problemas alheios. É um defensor do amor e da família. Além disso, tem ótima capacidade de expressão. Os anéis indicados são aqueles confeccionados com pedras de citrino, esmeralda, âmbar, pois atuam junto ao chackra supra-renal, ligado ao útero, ovários, rins, fígado etc.


Dedo mediano:
Se você usa anéis no mediano, provavelmente está cansado e com falta de energia, especialmente quando frequenta lugares muito movimentados. Já deve ter ocorrido de tirar o anel do anular e colocá-lo no mediano? Isso é um indicativo de que é mais receptor do que doador, pois é dele que entram e saem as energias sutis. Procure usar anéis com quartzo-rosa ou ametista; este meridiano está ligado ao estômago e ao coração.


Dedo indicador:
Este dedo está associado ao chackra laríngeo e indica poder; quem usa anéis neste dedo revela que é do tipo dominante, tem bom gosto e tem o poder de oratória. É atraído por produtos caros e sabe tudo o que se passa nas finanças. Gosta de negociar e sempre obtém lucro em suas transações comerciais. As pedras mais indicadas são lápis-lazúli ou água marinha.


Dedo polegar:
Este dedo está associado ao chackra localizado no alto da moleira. Se você gosta de usar anéis neste dedo, demonstra ter apreço ao conhecimento espiritualista e defende com todas as forças seu ponto de vista. Adora viver em liberdade e conhecer coisas novas. O ideal é usar anéis com uma pedra de cristal de quartzo translúcido (branco).

sábado, 3 de julho de 2010

Hoje é do jeito que achou que seria?

"Faça uma lista de grandes amigos...
Quem você mais via há dez anos atrás?
Quantos você ainda vê todo dia?
Quantos você já não encontra mais ?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre,
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava ?
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava .....
Hoje são bobos ....ninguém quer saber .
Quantas mentiras você condenava
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você ?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você? .....


"A Lista"

sexta-feira, 2 de julho de 2010

PROFISSÃO HERÓIS

Nós, meninas do curso de salvamento aquatico, aproveitamos o dia dos bombeiros (02 de julho) para homenagea-los, já que fazem uma participação tão especial nas nossas experiencias e superações, claro que não tinhamos palavras, nem nada a oferecer pra compensar o bem que eles fazem pra nós... mas valeu tentar =)
Os anjos existem!!!!


Mas... diferente do que imaginamos,


Eles não possuem asas,


nem poderes celestiais.


São como nós,


pessoas normais.






O amor ao proximo, é o que os tornam especiais.






Estes anjos,


tão sempre prontos a ajudar.


E arriscam suas vidas, para outras vidas salvar.






São fortes e destemidos,


e enfrentam qualquer tipo de perigo,


para o seu próximo ajudar.






Mas, infelizmente nem sempre são lembrados.


E por muitas vezes, depois de terem arriscado suas vidas;


Não recebem, nem se quer um OBRIGADO!






Mas isto, não os impede de continuar a trabalhar,


Salvando vidas em qualquer hora e em qualquer lugar!


Estes anjos, são merecedores de todo nosso respeito.






Por muitos eles são chamados de BOMBEIROS.






Mas eu os chamo de 'ANJOS'...






ANJOS VERDADEIROS!!!!






E aqui eu deixo... A minha singela homenagem,


a estes anjos, de muita bravura e coragem!




Que Deus abençoe a todos vocês!!!


Os Melhores momentos de nossos treinamentos...

chegando na represa Capim branco ;DD

ae o caminhão de emergencia atras ;)


Livin la Vida Loca
chegando de jet ski

eu e o tenente na represa das Araras
a galera saindo pra remar de bote


quinta-feira, 1 de julho de 2010

Psicanálisando...

O que está mais escondido é mais importante!
o mais evidente não é tão importante assim,
logo, o mais evidente é menos importante.

Vamos fingir que o mundo é normal e...

Ou é só em marte que isso acontece?

A felicidade humana não estava nos planos do criador

Na verdade essa posíção aparentemente passiva é extremamente ativa

Não se nasce homem ou mulher... Torna-se!

Haveria no ser humano uma disposição inicial bissexual, só que uma das posições pode permanecer recalcada.

Não há normalidade

Perguntam qual a causa da homossexualidade...
Mas qual a causa da heterossexualidade?

Cada um faz da vida o que consegue fazer. Mas se alguem procura nossa ajuda, de alguma forma ela não está satisfeita com o que tem conseguido.

Projeção: eu amo no outro aquilo que se reflete de mim.

Só se agente for louco pra dizer o que é normal

Quem somos nós pra definir o que é normalidade

O desejo é infiel por essencia. Sempre desejamos o que não temos.

Se não houvesse falta não haveria desejo.

Resta à pessoa saber se ela quer mesmo o que ela deseja.

O desejo é involuntário.

O que é da ordem da certeza é só a psicose.

Sentir culpa é ser sádico consigo mesmo.

O superego é soluvel em alcool.

Eu não te conheço suficientemente para...

Você acha que eu teria coragem de fazer isso contigo? - Não responda!

É muito facil amar o proximo, quando o próximo ta longe.

Quero ver amar o proximo quando o proximo estiver próximo

Assim como a agua é da natureza
o animal é da natureza
o homem é natureza desnaturalizado.
animal não se mata
homem se mata

A linguagem dos animais é exata.
A linguagem dos homens é subjetiva.

Não é legítimo essas coisas que sentimos

O problema é que existe o dia seguinte

Mesmo que eu diga eu te amo
Você entende como você quiser
segundo suas proprias concepções

O fato de saber como e o que fazer não muda as atitudes

" a pessoa é bela não pela beleza dela, mas pela beleza nossa que se reflete nela"

O contrário de amor não é o ódio, é a Indiferença!
amor é vinculo..
ódio também é vínculo..
Amor e ódio são dois lados da mesma moeda.

Experiências dos outros servem pra nós aprendermos também e não repetir os erros

A fila vai andando até onde meu bem?

Como se kama sutra fosse a melhor coisa do mundo

Diagnostica isso!

Era da cybernet

Como um gato traiçoeiro que apronta e foge toda hora...
ou como um cãozinho obediente fiel ao seu dono toda vida.

Você tem que aprender a me amar como eu sou

A vida é muito mais complexa do que usar uma camisa cor de rosa

... porque é possivel aprender e ser feliz ao mesmo tempo!

Os detalhes sórdidos vou deixar pro meu analista...

terça-feira, 29 de junho de 2010

Vencer!

Para um bom ganhador não existem derrotas
Para quem escolheu ser um vencedor, tudo tem um proveito
Não existem perdas, apenas fins de ciclos
Não existem tombos, apenas mudanças
Não existem inimigos, apenas pessoas diferentes
Não existem problemas, apenas chances de exercitar
Não acontecem desgraças, apenas chamas passageiras
Não há orgulho ferido, apenas lições de vida
Não existem comodismos, apenas rápidos descansos
Não existem os fracassos, apenas o sucesso dos outros
Nas leis do sucesso, só vale quem acredita que nasceu para vencer
Porque a vida só leva para o futuro quem sabe viver..."
Viva bem e seja feliz.






Paciência para as dificuldades,
Tolerância para as diferenças,
Benevolência para os equívocos,
Misericórdias para os erros,
Perdão para as ofensas,
Equilíbrios para os desejos,
Sensatez para as escolhas,
Sensibilidades para os olhos,
Delicadezas para as palavras,
Coragem para as provas,
Fé para as conquistas,
E amor para todas as ocasiões.




"Não tente adivinhar o que as pessoas
pensam a seu respeito.
Faça a sua parte, se doe sem medo.
O que importa mesmo é o que você é.
Mesmo que outras pessoas não se importem.
Atitudes simples podem melhorar sua vida.
Não julgue para não ser julgado...
Um covarde é incapaz de demonstrar amor
- isso é privilégio dos corajosos."
(Gandhi)

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Máquina

pra descontrair um pouquinho^^

Máquina


Cientistas testaram em Nova York uma máquina para apanhar ladrões.

Com um sistema revolucionário, a invenção apanhou 1.500 ladrões em apenas 5 minutos!

Resolveram então levar o aparelho e testá-lo na China.

Resultado: em 3 minutos apanhou 2.000 ladrões.

Para o próximo teste escolheram a África do Sul, onde a máquina pegou 3.000 ladrões em questão de 2 minutos.


O último e derradeiro teste foi aqui no Brasil.

Os cientistas desembarcaram em Brasília.

Resultado: em 1 minuto, roubaram a máquina!