Páginas

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Tesouro de Bresa



Houve outrora, na Babilônia, um pobre e modesto alfaiate chamado Enedim, homem inteligente e trabalhador, que não perdia a esperança de vir a ser riquíssimo. Como e onde, no entanto, encontrar um tesouro fabuloso e tornar-se, assim, rico e poderoso? Um dia, parou na porta de sua humilde casa um velho mercador da Fenícia, que vendia uma infinidade de objetos extravagantes. Por curiosidade, Enedim começou a examinar as bugigangas oferecidas, quando descobriu, entre elas, uma espécie de livro de muitas folhas, onde se viam caracteres estranhos e desconhecidos. Era uma preciosidade aquele livro, afirmava o mercador, e custava apenas três dinares.

Era muito dinheiro para o pobre alfaiate, razão pela qual o mercador concordou em vender-lhe o livro por apenas dois dinares.

Logo que ficou sozinho, Enedim tratou de examinar, sem demora, o bem que havia adquirido. E qual não foi sua surpresa quando conseguiu decifrar, na primeira página, a seguinte legenda: "O segredo do tesouro de Bresa." Que tesouro seria esse? Enedim recordava vagamente de já ter ouvido qualquer referência a ele, mas não se lembrava onde, nem quando. Mais adiante decifrou: "O tesouro de Bresa, enterrado pelo gênio do mesmo nome entre as montanhas do Harbatol, foi ali esquecido, e ali se acha ainda, até que algum homem esforçado venha encontrá-lo." Muito interessado, o esforçado tecelão dispôs-se a decifrar todas as páginas daquele livro, para apoderar-se de tão fabuloso tesouro. Mas, as primeiras páginas eram escritas em caracteres de vários povos, o que fez com que Enedim estudasse os hieróglifos egípcios, a língua dos gregos, os dialetos persas e o idioma dos judeus. Em função disso, ao final de três anos Enedim deixava a profissão de alfaiate e passava a ser o intérprete do rei, pois não havia na região ninguém que soubesse tantos idiomas estrangeiros.

Passou a ganhar muito mais e a viver em uma confortável casa.

Continuando a ler o livro, encontrou várias páginas cheias de cálculos, números e figuras. Para entender o que lia, estudou matemática com os calculistas da cidade e, em pouco tempo, tornou-se grande conhecedor das transformações aritméticas. Graças aos novos conhecimentos, calculou, desenhou e construiu uma grande ponte sobre o rio Eufrates, o que fez com que o rei o nomeasse prefeito.

Ainda por força da leitura do livro, Enedim estudou profundamente as leis e princípios religiosos de seu país, sendo nomeado primeiro-ministro daquele reino, em decorrência de seu vasto conhecimento.

Passou a viver em suntuoso palácio e recebia visitas dos príncipes mais ricos e poderosos do mundo.

Graças ao seu trabalho e ao seu conhecimento, o reino progrediu rapidamente, trazendo riquezas e alegria para todo seu povo.

No entanto, ainda não conhecia o segredo de Bresa, apesar de ter lido e relido todas as páginas do livro.

Certa vez, então, teve a oportunidade de questionar um venerando sacerdote a respeito daquele mistério, que sorrindo esclareceu:

- O tesouro de Bresa já está em seu poder, pois graças ao livro você adquiriu grande saber, que lhe proporcionou os invejáveis bens que possui. Afinal, Bresa significa "saber"...

Com estudo e trabalho pode o homem conquistar tesouros inimagináveis. O tesouro de Bresa é o saber, que qualquer homem esforçado pode alcançar, por meio dos bons livros, que possibilitam "tesouros encantados" àqueles que se dedicam aos estudos com amor e tenacidade.

domingo, 28 de setembro de 2014

PERDIDO ATÉ O FIM

Imagem Romero Brito 


Fui eu mesmo quem construiu a jaula. Já sabia que não seria resistente o suficiente e, ainda que fosse, sei que não se pode ser amigo de um grande felino selvagem. Não foi um plano genial; afinal a urgência costuma corroer o brilho das pessoas.

Os amigos que conhecem esta história, me perguntam em que página ela está. Ainda que eu soubesse, faz diferença? penso. Só eu acho besta os números nas páginas dos livros? Nunca entendi o propósito. Já meus amigos os cultivam. São velocistas de páginas. Cronometram suas leituras. Postam. Talvez os números dêem a eles algum falso conforto de localização, mas pergunto: livro bom não é aquele que nos faz perceber o quão perdido estamos?

O lapso tem origem: foram vítimas da histeria coletiva. Do cagaço de ficarem para trás. Precisam comparar seus avanços e, nessa, adquiriram mais gosto pelo papel do que pela leitura. Dizem que gostam de cheiro de livro, mas esqueceram que, quando bem escrito, ele nos tira o ar. Numeram as páginas das suas próprias histórias e seus amores são perfeitinhos como os títulos em suas estantes: sem riscos ou rabiscos, sem anotações tolas e emocionadas ou comentários ridículos e corajosos. São relacionamentos para se julgar pela capa. Organizados por tamanhos e cores. Ostentados na cara dos amigos. Fechados. Histórias que não tocam e, há muito, não inspiram.

Certos romances não nasceram para ser livro - e isto é um elogio a estes romances. Afinal, o livro é apenas uma forma inocente de sondar se podemos pegar nas mãos ou levarmos para a cama algo de tamanha insubstancialidade. Como disse Graham Greene, escolhemos arbitrariamente os momentos que queremos recortar e chamar de história. Ou de
relacionamento. Ou do caralho que seja.

Te contemplo indistinto de fora da jaula. Embora queira me aproximar e te tocar, aguardo em incerteza. Desconfio que tenha notado a debilidade das barras invisíveis feitas de amizade inventada. Como ainda não me matou nem fugiu - o que seria muito pior - você faz com que seja impossível que eu saiba em que página estamos. Isso é ótimo, afinal, estar perdido é o primeiro passo para a autenticidade. Que assim seja até o fim.





Domênico Massareto

sábado, 27 de setembro de 2014

Garotas



GAROTAS SE LIGUEM: (Escrito por homens) Nós, homens, não nos importamos se você falar com outro cara. Não nos importamos se vocês são amigas de outros caras. Mas quando vocês estão sentadas com a gente e um cara qualquer aparece e você sai correndo e pula em cima dele, sem nem ao menos nos apresentar, é, é bastante irritante. E não ajuda se você chamar ele pra sentar com a gente e ficar conversando dez minutos com ele sem nem se dar conta do fato de que ainda estamos ali. Não nos importamos se um cara te telefona, ou te manda uma mensagem, mas se isso acontece às 2 da manhã, nós nos incomodamos um pouco sim. Nada de tão importante costuma acontecer às 2 da madrugada que não possa esperar até o amanhecer. Além disso, quando te dissermos que você é bonita/linda/estonteante/maravilhosa, nós estamos falando a verdade. Não diga que estamos errados. Uma hora vamos parar de tentar te convencer. A coisa mais sexy numa garota é confiança. Mas ter confiança não significa ser convencida. Não se irritem quando abrirmos uma porta para você. Aproveitem e abusem do meu humor. Nos deixem pagar as coisas pra vocês! Não se 'sintam mal', nós gostamos de fazer isso. Não é mais que o esperado. Sorriam e digam 'obrigada'. Nos beijem quando não há ninguém olhando. Mas, se vocês nos beijarem quando sabem que alguém está olhando, ficaremos impressionados. Vocês não precisam se arrumar para nós. Pra começar, se formos sair com vocês, vocês não precisam sentir a necessidade de colocar a sua saia mais bonita ou passar todos os tipos de maquiagem que vocês têm. Gostamos de você por quem você é, e não pelo que vocês têm. Sinceramente, eu acho que uma garota fica mais bonita de pijama ou com uma camiseta minha e um shortinho qualquer do que toda embelezada. Não levem tudo o que dissermos a sério. Piadas e brincadeiras são coisas lindas. Tentem enxergar a beleza delas. Não se irritem tão facilmente. Não fiquem falando sobre como o Chris Brown, o Brad Pitt ou o Taylor Lautner são lindos. É tedioso, e nós não nos importamos. Você tem amigas pra isso. E meninas, isso é o mais importante: se um cara não está te tratando bem, não espere que ele mude! Dispensa essa vergonha para a população masculina da Terra, e ache alguém que te trate com respeito. Alguém que honre seu código moral. Alguém que te faça sorrir mesmo no seu pior momento. Alguém goste de você mesmo quando você erra. Alguém que pare o que está fazendo só pra te olhar nos olhos e sorrir. Dêem uma chance pros caras legais. Homens, compartilhem essa mensagem se concordarem. Mulheres, compartilhem se acharem ela bonita. Qualquer homem que não for um babaca vai concordar com isso, e espero que todas as garotas postem isso nos seus murais. A vida é curta demais pra ficar reclamando de tudo que aparece no seu caminho, então pare e cheire as flores da vida, porque você pode nunca mais ter essa oportunidade. Pare e aproveite, porque cada uma é diferente à sua própria maneira. Corra riscos, porque se não der tudo certo, sempre haverão mais flores para se cheirar.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

terça-feira, 23 de setembro de 2014

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

domingo, 21 de setembro de 2014

sábado, 20 de setembro de 2014

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Como dar Palestras e tecnicas em vendas com Coaching

Apresentação da escola e instrutores

Assista o video da Conferência OPEN escola Cóndor Blanco no link a seguir:

quinta-feira, 18 de setembro de 2014